• Google+ Clean
  • Twitter Clean
  • facebook
Central de Operações: CNPJ - 20.751.835/0001-90  // Ministério do Turismo: 26.067581.10.0001-8
Avenida Paulista, 1765, 7º andar conj. 72 CEP 01311-200 - São Paulo - SP
+55 (11) 5105-8279 |  +55 (11) 3280-8780

1/6

Argentina - Dicas A.R Intercâmbio

 

A Argentina tem uma grande variedade de atrações, desde as paisagens áridas do norte do país até a cidade de Ushuaia. A Argentina conquista turistas e estudantes do mundo inteiro com suas belezas e imensa cultura.

 

O que faz da Argentina um destino tão procurado por muitas pessoas é ser uma espécie de Europa a poucas horas do Brasil e que cabe nos mais variados bolsos.

 

Cidades como Buenos Aires e Córdoba, são agradáveis e possuem ótimos restaurantes, parques elegantes e charmosas lojas oferecendo preços justos. Nos contrafortes andinos, a região de Mendoza abarca algumas das melhores produções vinículas do continente e é a plataforma perfeita para explorar o Cerro Aconcágua, a mais alta montanha do planeta fora da Ásia.

 

Porém, imagens não transmitem o calor das pessoas e a atmosfera única que existe neste país. A única forma de realmente experimentar isso é viajar à Argentina; saborear a carne, compartilhar a bebida nacional (conhecida como mate) com os moradores, deleitar-se na atmosfera do futebol de Buenos Aires e passar o tempo caminhando entre os cafés e praças de suas cidades e vilas.

 

Ao optar pela argentina o estudante brasileiro não só estará economizando quando o assunto e intercâmbio, mas estará indo morar em um país de uma imensa riqueza cultural, assim estará imerso em uma cultura diferente da sua, absorvendo e adquirindo além de tudo experiência de vida e aprendendo outro idioma.

 

A riqueza de se fazer um intercâmbio é imensa, seja ele para só em um curso de línguas no verão ou indo para se fazer uma graduação ou pós graduação. É uma experiência única e para a vida toda.

 

Não deixe para depois a conquista dos seus sonhos. Acredite em você e deixe o resto com a gente!

 

 

Dicas para você curtir melhor seu intercâmbio:

 

 
Aeroporto - Saiba qual escolher
No Aeroporto
Ligações para o Brasil
Conta Bancária na Argentina
A Praia dos Portenhos
Gastronomia Buenos Aires
Brasil vs Argentina

 

 

Buenos Aires
Capital da Cultura da América Latina
Capital da Argentina, é a maior cidade do país, com ares de  cidade européia,  muitas vezes referida como a Paris da América do Sul.
 
Está cheia de cultura o que faz dela umas das cidades mais influentes na América Latina, só para se ter uma idéia, Buenos Aires possui a maior concentração de teatros do mundo, as atrações turísticas principais são as avenidas largas, as bonitas praças, os belos parques, a vida noturna, os excelentes restaurantes, as carnes e os vinhos.
 
Às margens de um rio que parece mar, quente no verão e gélida no inverno, Buenos Aires é o cruzamento de diferentes culturas e tipos humanos. Muito além do gaúcho dos pampas e dos bravos vaqueiros da Patagônia, seu movimentado porto acolheu (e viu passar) cargueiros ingleses, exploradores nórdicos, imigrantes italianos e espanhóis. Essa confluência de idiomas e gostos dotou a capital argentina de um ar notadamente cosmopolita, com refinados teatros, inúmeras livrarias e uma distinta arquitetura neoclássica. A presença britânica se faz notar na preferência por esportes como polo, hóquei na grama, rúgbi e, é claro, futebol, a paixão que mais nos une do que nos distancia.
Mendoza
Reúne em um mesmo destino
vinho e neve!
Com 1.200 vinícolas – caseiras ou pertencentes a multinacionais –, e cenário da montanha mais alta do continente, Mendoza reúne em um mesmo destino vinho e neve.
 
Muitas de suas charmosas bodegas recebem visitantes em instalações no Valle Central – setor que compreende os municípios de Godoy Cruz, Guaymallén, Maipú e Luján de Cuyo –, incluindo degustações. Graças a combinação de clima seco e excelente qualidade do solo é que castas de uvas como Malbec, Cabernet Sauvignon, Tempranillo e Chardonnay tornaram os produtos locais tão apreciados mundo afora.
 
Outro símbolo de Mendoza é o Cerro Aconcágua, a maior montanha do planeta fora da Ásia, cujos títulos como Sentinela de Pedra e Teto das Américas fazem jus aos seus imponentes 6.962 metros de altura.
 
Conquistar seu cume é para poucos, mas apreciá-lo a partir do Parque Provincial Aconcágua, em terreno bem firme, já é suficiente para deslumbrar os visitantes.
Patagônia  Argentina
 
Venha conhecer e explorar lugares novos e incríveis!
Bariloche
 
A encantadora San Carlos de Bariloche
A Patagônia Argentina pode ser dividida em duas áreas distintas:
 
A Patagônia Atlântica e a Patagônia Andina (ou Austral). A região Atlântica caracteriza-se por apresentar vegetação rasteira, desértica e ao mesmo tempo possuir uma rica fauna marinha composta por: pinguins, baleias, leões marinhos e lobos do mar. A região se tornou a maior concentração de animais marinhos do planeta.
 
Já no lado Andino é dominada pela Cordilheira dos Andes e apresenta cenários com montanhas de picos eternamente nevados, geleiras e lagos que lembram pinturas.
 
As maiores atrações no lado argentino da Patagônia são o Parque Nacional los Glaciares, em El Calafate, onde está o imponente Glacial Perito Moreno, El Chaltén e Ushuaia.
Todos os olhos se voltaram para San Carlos deBariloche e essa paixão continua firme. Essa cidade nos Andes Patagônicos está a 1.500 quilômetros de Buenos Aires e é um dos destinos preferidos tanto entre os praticantes de esqui como entre aqueles que se satisfazem em usar o teleférico só para ver de perto os campos nevados.
 
QUANDO IR
 
Verão – ótimo para fazer belos passeios pelo Parque Nacional Nahuel Huapi e curtir a paisagem da travessia dos Lagos Andinos. Os preços de hotéis e restaurantes são atraentes e as temperaturas são amenas, mas podem chegar a quase 30 graus em certos dias. É também uma boa época para quem curte esportes náuticos como windsurfe, canoagem e kitesurfe, pesca e passeios a cavalo.
 
Outono – belas folhagens em tons vermelhos e amarelos, boa chance de ver um céu muito azul e os passeios continuam bárbaros. Começa a esfriar bem conforme a noite chega.
 
Junho – é o início da temporada, há boa chance de pegar uma nevasca e o preço dos pacotes são interessantes.
 
Julho – férias escolares no Brasil e na Argentina, crianças e adolescentes por todos os lados e preços nas alturas. Praticamente é o único mês disponível para quem viaja em família
 
Agosto – As montanhas estão com boa cobertura de neve e o perfil do turista muda para casais em viagem romântica e esquiadores experientes. Vários estabelecimentos já fazem promoções e as agências oferecem preços convidativos, inclusive para hotéis de luxo.
 
Setembro – Por esta época já não há mais voos diretos a partir do Brasil (todos agora têm que fazer conexão via Buenos Aires) e a neve começa a rarear nas pistas mais baixas. A qualidade da cobertura também não é das melhores, com pouca neve seca. No entanto, os preços despencam.
 
Primavera – A neve derretida, os campos queimados pelo congelamento e as árvores sem folhagem não deixam a paisagem tão bela, mas lá e cá flores dão o ar da graça. Muitos estabelecimentos já estão fechados
Sonhe. Planeje. Viaje.
A.R Intercâmbio & Turismo
  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page
SIGA-NOS