• Google+ Clean
  • Twitter Clean
  • facebook
Central de Operações: CNPJ - 20.751.835/0001-90  // Ministério do Turismo: 26.067581.10.0001-8
Avenida Paulista, 1765, 7º andar conj. 72 CEP 01311-200 - São Paulo - SP
+55 (11) 5105-8279 |  +55 (11) 3280-8780

Durante o Programa de Intercâmbio

 

 

Durante o Intercâmbio
 
• Uma boa viagem começa muito antes do embarque. Leia tudo o que puder sobre os lugares que vai visitar. Compre livros, guias e informe-se sobre os costumes e hábitos locais. Viajantes desinformados, acabam perdendo o melhor da viagem.
 
• A comunicação é a chave para o sucesso. Aprenda o idioma, usando-o
Seja honesto, não finja que entendeu. Certifique-se que as outras pessoas lhe entenderam também. Faça perguntas e obtenha todas as informações possíveis.
 
• Tenha uma mente aberta e seja flexível. Existe sempre mais de uma maneira de se fazer alguma coisa.
 
• Seja bem-humorado! Aprenda a rir de si mesmo. Rir dos seus erros é um modo positivo de abordar o processo de adaptação.
 
• Seja paciente com você e com os outros. Você estará vivendo uma nova cultura e aprendendo um novo idioma.
 
• Seja ativo e conheça novas pessoas, faça novas amizades.
 
• Faça um diário da sua viagem. Fazer um diário de bordo é uma verdadeira terapia e você terá uma ótima recordação quando voltar da viagem.
 
• Lembre-se de que conhecer um lugar não é apenas fazer compras e tirar fotografias, mas comer a comida local, ver sua televisão, observar os hábitos do povo e fazer o que eles fazem para se divertir. Mergulhe no destino de corpo e alma para não se arrepender depois.

 

Enfrentando os problemas
 
 
O choque cultural é um conjunto de sensações que um intercambista pode apresentar quando deixa seu país de origem para viver uma nova experiência em um destino diferente.
 
Diferenças como o idioma, o clima, a alimentação e os costumes dessa nova rotina são alguns fatores que podem causar estranheza e desconforto durante a viagem.
 
As dificuldades de comunicação e a falta de noção de como se comportar trazem esta sensação de insegurança, que pode apresentar "sintomas" como tristeza, desanimo, sentimento de impotência e vontade de voltar para casa.
 
 
O que fazer?
 
Dar o máximo de si para resolver essa situação;
 
Dar tempo ao tempo: adaptar-se depende de muita calma, compreensão e paciência;
 
Praticar atividades físicas;
 
Procurar se aproximar das pessoas.
 
 
O que não fazer?
 
Comparar a sua cultura com a do local;
 
Rotular algo como sendo ruim: é importante encarar as situações como diferente e não como ruim;
 
Encontrar defeito em tudo, criando inconscientemente rejeição à nova cultura;
 
Contatar excessivamente seus familiares e amigos no Brasil. É bom se lembrar de que eles não estarão vivenciando e sentindo o que você está sentindo neste momento.